Pular para o conteúdo

Ainda nessa fase Cool Jazz ai vai mais um sucesso. Esse standard de jazz famosíssimo e muito regravado por ai é do Thelonius Monk, pianista dos anos 40 que ao contrário dos outros que improvisavam com muitas notas, era econômico e com 2 ou 3 notas fazia o que outros faziam com 10. O que importava eram poucas e boas notas.
Essa música foi até tema do filme com o mesmo nome, de 1986, do diretor Bertrand Tavernier, Por volta da meia noite, tradução daqui é um filme repleto de musicalidade e com grandes nomes do jazz como Dexter Gordon, Herbie Hancock atuando e tocando à rodo. Vale a pena assistir. Aqui eu dou um toque violonístico e faço algumas improvisações. Gravei com um C3 da Behringer e processei no Sonar X1 com reverb e o Tube Leveler, simulador de pré valvulado para deixar o som mais quente.

O Cool Jazz é um estilo muito difundido pelo Miles Davis nos anos 40. Trata-se de uma melodia lenta, onde se faz cada nota valer, com ar melancólico e que alguns arriscam dizer que é uma melodia preguiçosa. Neste estilo está fora o virtuosismo de notas rápidas. Alguns nomes do cool jazz são: o saxofonista Lester Young, arranjadores como Gil Evan e Gerry Mulligan, o trompetista Chet Baker, que foi chamado de "príncipe do cool jazz", o The Dave Brubeck Quartet que gravou o álbum Time Out em 1959 que fez um grande sucesso entre outros.
Esta música Blue in Green é do álbum do Miles Davis Kind of Blue de 1959.